até agora...

terça-feira, 19 de maio de 2009

Um espinho!!!!


Que saudade da minha paz!
De andar com a cabeça erguida, sem sentir que o mundo te aponta o dedo e ri de coisas que não entende, que não sente.
Que saudade do tempo em que o carinho vinha do querer, e a palavra era certeira pra alegrar o coração.
Perdoem se hj essa janela está servindo de ouvinte da minha dor, mas só aqui eu estou encontrando coragem para desabafar.
Como diria Cazuza, a vida não pára, então, plagiando agora Angela Ro Ro, só nos resta viver.
Viver pela metade, conviver com um espinho que só dói quando eu respiro.
Ironias a parte, não sei como reviver, como recriar a vida, o dia-a-dia, não sei como tirar esse espinho de dentro de mim.
Se quem ler, achar que isso tudo é motivo de vitória, ou que seja bobagem, eu respondo simplesmente com minhas lágrimas, que ninguém seca, mas quem sabe pela magia da vida elas tranformem o seu dia em agradecimento pela ausência de dor!
Infelizmente hj meus beijos seriam amargos.

2 comentários:

  1. oi Jana..

    mas amanhã é um novo dia!!!

    bjs

    ResponderExcluir
  2. Que post tão triste num blog tão bonito.
    Lamento muito e espero encontrar brevemente aqui palavras de paz, amor e alegria.

    Deixo-te um abraço e um sopro de luz.

    ResponderExcluir

Oi, estou louquinha pra ler seu comentário!

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin